Nioaqueonline entrevista Gebson pré-candidato ao legislativo

13413641_795942780543152_8124017603633302815_nNioaqueonline entrevista Gebson Estevão da Silva, 46 anos, divorciado, pai de quatro filhos, funcionário público, concursado há 26 anos, auxiliar de serviço de saúde. Natural de Corumbá-MS, filho de Estevão Pereira da Silva (in memória) e Valda da Silva e Silva, morando em Nioaque desde 1979. Foi presidente do conselho municipal de saúde e, 2013, e atualmente coordenador dos trabalhadores em saúde.
Nioaqueonline: Qual é o seu partido, você já participou de outros?
Gebson: Hoje sou do PDT, já participei como tesoureiro do DEM

Nioaqueonline: O que te levou a entrar para o meio político?
Gebson: São vários fatores, por participar de várias campanhas, ouvi muitas promessas, principalmente da valorização dos funcionários concursados, e no meu ponto de vista somos lesados com essa complementação salarial. Um dos motivos é lutar pela classe funcional, pois entra governo e sai governo continua a mesma ladainha. Sem contar que alguns funcionários efetivo sofrem na pele, são perseguidos por tomar certas decisões que não vem ao encontro do anseio da administração.

Nioaqueonline qual segmento que você representa?
Gebson: Da saúde, sou coordenador e conselheiro municipal de saúde.

Nioaqueonline Qual a sua contribuição à sociedade através deste segmento?
Gebson: Defendo o funcionário da área da saúde quando prejudicados e faz denúncia por escrito. Levo a situação ao conselho com cópia à Promotoria Pública.

Nioaqueonline : Você pretende continuar defendendo esse segmento mesmo se obter ou não êxito na política?
Gebson: Sim com certeza, e com mais força ainda.
Nioaqueonline: Você já foi perseguido?
Gebson: Sim, inclusive fui apelidado de “Polêmico”. Por exemplo, nessa última gestão, quando foi negociada a secretaria de saúde ao PT, fui perseguido pelo ex-secretário de saúde, por ser anti-petista. Por não concordar com o modo de trabalhar, são muitas reuniões e puçás ações. Sofri processo administrativo pela ex-prefeita quando apoiei o Deputado Estadual Marquinhos Trad, e fui absolvido por falta de provas.
Nioaqueonline : Já existem pré-candidatos definidos a prefeito em Nioaque. Com quem Gebson vai caminhar para prefeito em 2016?
Gebson: O PDT tem o pré-candidato a prefeito que é Bruno Nogueira.

Nioaqueonline: Como você avalia a atual administração?
Gebson: Meu ponto de vista é zero. Foram feitas várias promessas, e eu fui um polivalente da campanha como todos sabem, e acompanhei as promessas de perto, e não foram cumpridas, principalmente a valorização do funcionalismo público. Vejo que há gastos desnecessários em alguns setores, faltando competência e administração para outras que não tem.
Nioaqueonline: Em sua opinião o que deveria ser priorizado em um governo?
Gebson: Tudo do jeito que a ex prefeita deixou continua. Tivemos somente uma reposição salarial. As tuas continua, cada dia pior. Só tiraram as arvores da Rua em frente ao legislativo. Saúde continua cada vez pio. Ontem por exemplo tirei dinheiro do bolso para comprar pó de café e açúcar. Não temos o mínimo. Nem copo descartável. Ai me pergunto: “Para onde está indo o dinheiro que vem?”. Quem quiser ver é só acessar o portal transparência. Outra prioridade é cumprir as leis, por exemplo a cesta de aniversário, projeto do ex-vereador Olavo Corrêa, hoje se transformou em vale gás e troco para mascar chiclete.

Nioaqueonline: Como você avalia os trabalhos do poder legislativo em Nioaque?
Gebson: Nota zero também, só pensam neles e no bem estar deles. O dever deles é fiscalizar o executivo, e não vejo isso. Hoje, meu ponto de vista a única coisa que fazem é dar Título de Cidadão e Moção. Voce não vê um projeto para a população.

Nioaqueonline: O que a população pode esperar de você como pré candidato ao cargo do legislativo?
Gebson: Promessas eu não faço nenhuma. E que o eleitor não peça nada, porque se eu der, vou ter que fazer acordo com o executivo para repor o que eu gastei. Vou ser um vereador atuante e fiscalizar de perto, principalmente a lei de orçamento do município.
Nioaqueonline: Porque você trouxe esse óleo de Peroba?
Gebson: É para passar na cara de quem fez promessas e não cumpriu, ai penso: Será que vão ter coragem de pedir votos aos eleitores?

Nioaqueonline: Deixe suas considerações finais.
Gebson: Nessa eleição de agora, temos o poder de renovar o poder legislativo, elegendo vereadores que queiram lutar pelo município e não fazer acordos com o executivo, porque isso traz atraso para o município. Estou colocando meu nome a disposição e se quiserem ver as coisas funcionar, serei um ferrenho defensor da coletividade, do começo ao fim.