Indio Terena de Nioaque participa da expedição Bioma Brasil

O índio Terena Libêncio Lourenço,  mais conhecido pelo codinome Kuka, artista na área de pintura e tatuagem em Nioaque foi recebido em Campo Grande, por  Richard Rasmussen, que  é um naturólogo, economista, apresentador brasileiro e embaixador do ecoturismo brasileiro pela Embratur, sob o governo Bolsonaro.

 

A Expedição Brasil Bioma está programada para ser realizada em 5 anos. Durante esse período  o objetivo é visitar todos os biomas brasileiros em busca de mostrar a fauna e flora típicas de cada lugar.

O evento é uma parceria do Governo do Estado, por meio Subsecretaria de Estado de Políticas Públicas para a População Indígena, da Fundação de Cultura do Mato Grosso do Sul e da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Campo Grande.

Na oportunidade o artista apresentou seus trabalhos, destacando as aldeias de Nioaque.