Associação Indígena de Nioaque poderá ser reconhecida como de utilidade pública

 

O deputado Paulo Corrêa (PSDB) apresentou essa semana o Projeto de Lei 94 de 2021, o qual declara de utilidade pública estadual a Associação Indígena do Brejão da Aldeia Brejão. Trata-se de pessoa jurídica de direito privado sem fins lucrativos, de natureza assistencial, com sede e foro no município de Nioaque.

A Associação Indígena do Brejão da Aldeia Brejão é constituída com fins assistenciais e educacionais. O autor da proposta destaca que a Associação preenche todos os pressupostos exigidos pela legislação vigente, estando hábil a ser conhecida pela Casa de Leis.

Conforme a justificativa da proposta, a Associação tem como finalidade principal a prestação de quaisquer serviços que possam contribuir para o fomento e racionalização das atividades agropecuárias, econômicas, sociais e culturais de seus associados, promover atividades de assistência técnica através de parcerias, convênios ou de outras formas de cooperação como entidades públicas e privadas, sempre que houver esta possibilidade, buscando de todos os meios e formas a capacitação técnica, gerencial e social dos seus membros, viabilizando o desenvolvimento comum.

 

Fonte da notícia:  http://jornalestadodopantanal.com.br/geral/associacao-indigena-de-nioaque-podera-ser-reconhecida-como-de-utilidade-publica/