Prefeito de Nioaque é destaque no estado

Com 96,22% de aprovação, administração do prefeito de Nioaque está entre as melhores de MS

Valdir Couto de Souza Júnior tem 96,22% de aprovação, em sua administração em Nioaque

 7 Novembro 2017 – 15h20Da Redação
O prefeito mais jovem do Mato Grosso do Sul, Valdir Junior (PSDB), com apenas 33 anos.

O prefeito mais jovem do Mato Grosso do Sul, Valdir Junior (PSDB), com apenas 33 anos. – Divulgação

O prefeito mais jovem do Mato Grosso do Sul, Valdir Junior (PSDB) 33 anos, com apenas 10 meses de administração do município de Nioaque, distante 180 quilômetros de Campo Grande, está entre os melhores prefeitos do Estado, de acordo com avaliação realizada pelo Instituto de Pesquisas de Mato Grosso do Sul (IPEMS) nos dias 17 a 19 de outubro de 2017. A Pesquisa Quantitativa ouviu 400 entrevistados na área urbana e rural do município.

Valdir Junior recebeu 96,22% sendo 82,91% dos eleitores de Nioaque que consideram a administração ótima e boa e 13,31% Regular (aprova). Somente 3,27% desaprovam (ruim, péssima) e 0,51% regular (desaprova).

Qual é a sua avaliação da administração do PrefeitoValdir Júnior ?
Pesquisa realizada em Nioaque, entre os dias 17 e 19 de outubro de 2017, com 400 entrevistas, margem de erro de 4,90% e grau de confiança de 95%

“Pegamos um município desacreditado, negativado, e em pouco tempo estamos solucionando problemas antigos, graças ao empenho da nossa equipe, apoio da população e dos vereadores”, salientou Valdir Junior.

De acordo com a pesquisa os motivos de aprovação da administração do Prefeito Valdir Junior: Faz muitas coisas, melhorias, é trabalhador; Competente, preparado, gosta do seu mandato; Arruma as estradas, patrolamento, recapeamento, entre outras afirmações.

Segundo a pesquisa IPEMS, o que a população mais gostou: Estradas, asfalto, tapa-buracos, recapeamento; Sinalização, quebra-molas, lombadas; Reforma das escolas;Organização da cidade; Investimentos na área da saúde, entre outras afirmações.

O grau de confiança da pesquisa é de 95 por cento e a margem de erro máxima estimada, considerando o modelo de amostragem aleatório simples é de 4,90 por cento para mais ou para menos, sobre os resultados encontrados no total da amostra.

Arquivo

Confira na íntegra a pesquisa IPEMS – Nioaque/MS

Fonte da notícia: A Crítica



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *