Ponto de vista por – Dominique Rodrigues

 

OS DESAFIOS DE NIOAQUE

Os desafios que nossa cidade precisa enfrentar nesse momento são enormes, em primeiro lugar essa Pandemia que nos impõe limites, tira a vida de nossos amigos e nos faz repensar formas de nos adequar a essa nova realidade e escancara nosso sistema público de saúde.

Junto a isso, antigas necessidades como o desenvolvimento a produção local, desenvolvimento do nosso comércio, geração de emprego e renda, problemas históricos de infraestrutura, saneamento básico e transporte, atenção aos produtores locais, as empresas, produtores rurais, assentamentos, aldeias, quilombos, a esse universo que compõe a nossa população.

Um universo de desafios para o município, mas o que existe em comum entre todos eles é a ação, a necessidade que ela ocorra.

Atenção para as necessidades da população que busca por mais qualidade de vida, oportunidades, educação e geração de renda.

Atenção ao comerciante, entender a realidade e as dificuldades desde a abertura até o fechamento do comércio, e só sabe o quão tarde isso ocorre muitas vezes.
O olhar voltado para o produtor rural que no campo enfrenta as doenças que atingem sua lavoura, o tempo, as oscilações de preços do mercado e não bastando, se preocupa em como levar essa produção até o destino final, se preocupa se as estradas vão estar em boas condições ou não para que ocorra.

O olhar voltado para os nossos jovens, ingressando no mercado de trabalho, ansiosos por oportunidades, por crescimento, mas sem grandes expectativas.

A atenção voltada para nossas comunidades quilombolas e indígenas, com uma diversidade cultural gigante e uma história riquíssima e com um grande potencial de visibilidade e desenvolvimento local.

O olhar para as famílias assentadas, para a produção familiar, que enfrenta os mesmos desafios do produtor rural, contudo com uma estrutura menor.

A atenção para nossas industrias, na expansão de mercados e possibilidades, oportunidades de negócio, melhoria de infraestrutura e logística bem como disponibilização e capacitação de mão de obra.

É a ação firme no momento de enfrentamento a tudo que estamos vivendo, mas com foco no futuro no desenvolvimento.

É assim que penso e firme acredito ser esse o caminho.