Paralisação no Lanagro pode impactar vacinação contra aftosa

Paralisação no Lanagro pode impactar vacinação contra aftosa

A greve nacional dos fiscais federais agropecuários chega ao sexto dia. No Rio Grande do Sul, a adesão supera os 80%, com paralisação total em algumas áreas como o Porto de Rio Grande e também no Laboratório Nacional Agropecuário (Lanagro)

No laboratório são testadas e aprovadas para uso as vacinas contra a febre aftosa comercializadas em todo o país. Com os fiscais de braços cruzados, o processo – que dura em média cem dias – fica suspenso e pode comprometer a entrega das doses para a etapa de vacinação de novembro.

“É imprescindível que o Executivo ao menos retome as negociações com a categoria. O impacto econômico de nosso pedido é baixo. Precisamos apenas de atenção à pauta funcional que, de forma alguma, irá onerar o país”, apela a delegada sindical do Sindicato Nacional dos Fiscais Federais Agropecuários no Rio Grande do Sul, Consuelo Paixão Côrtes.

A dirigente esteve, ao longo desta terça-feira, visitando os filiados no Porto de Rio Grande. Outros diretores da Delegacia Sindical visitaram as unidades do Mapa em Caxias do Sul e também no Laboratório Nacional Agropecuário em Porto Alegre. “Precisamos manter os colegas motivados a permanecerem na causa. O que pedimos traz grande diferença para a valorização do trabalho do fiscal”, afirma Consuelo.

Fonte: Portal do Agronegócios

FONTE LINK:
Paralisação no Lanagro pode impactar vacinação contra aftosa




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *