Nioaque realiza Conferência Municipal dos direitos das pessoas com deficiências

Nioaque realiza Conferência Municipal dos direitos das pessoas com deficiências
Quarta, 01 de Julho de 2015 – 16:56h
A Prefeitura de Nioaque e a Secretaria de Assistência Social realizou nesta terça-feira (30) na Câmara Municipal a segunda Conferência Municipal para discutir as perspectivas dos direitos das pessoas com deficiências do município. Na parte da manhã ocorreu uma palestra ministrada pela Assistente Social, Iracema de Fatima Naís Inoue, técnica do SEDHAST e Conselheira do CEDPD, com diversos eixos temáticos para serem debatidos nos grupos. O plenário ficou lotado por pais, pessoas com deficiências, além de organizações como escolas, associações, sindicatos e comunidade indígena que proporcionou uma apresentação cultural com a dança do bate pau. A Secretaria em exercício da Assistência Social, Ilizanir Romeiro Serpa marcou presença durante toda conferencia, participando juntamente com a comunidade das atividades organizadas por meio do órgão gestor que teve como presidente da conferencia, Wilson Acosta que é técnico no setor. Participaram também os secretários Claudionor do Carmo Miranda (saúde) e os Vereadores Valdecir Ferreira dos Reis, Luiz Fina e Jance Vaz de Moura. Durante a tarde foram formados três grupos de trabalho elegeram 15 diretrizes e ações estratégicas para serem levadas à Conferência Estadual. As ações englobaram diferentes direitos da pessoa com deficiência, como acesso ao mercado de trabalho; fortalecimento e enfrentamento de violências, considerando a questão de gênero; acesso das crianças com deficiência à educação, tecnologia assistida e serviços como o de estimulação precoce; priorização, por parte do poder público, de ações e serviços voltados para pessoas com deficiência em políticas como educação, saúde, assistência social e outras. No final aconteceu as escolha dos delegados para a Conferência Estadual. É preciso avançar na garantia dos direitos das pessoas com deficiência em todos os setores da sociedade, isso em Nioaque, como também em qualquer parte do Brasil. Nioaque tem feito algumas ações para garantir a acessibilidade em todos os prédios públicos. Não conseguimos mudar de uma hora para outra, pois no passado não houve uma preocupação mais forte quanto à acessibilidade que hoje são demandas importantes para todas as cidades, além de outras importantes ações ligadas às necessidades das pessoas com deficiências.

Fonte: Cícero de Souza



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *