Indígenas liberam rodovia federal em MS após reunião em Brasília

Chefe de gabinete do senador Pedro Chaves recebeu lideranças de 18 tribos da região de Campo Grande.


Reunião de lideranças indígenas com chefe de gabinete do senador Pedro Chaves (Foto: PRF/Divulgação)Reunião de lideranças indígenas com chefe de gabinete do senador Pedro Chaves (Foto: PRF/Divulgação)

Reunião de lideranças indígenas com chefe de gabinete do senador Pedro Chaves (Foto: PRF/Divulgação)

O grupo de 150 índios terenas encerraram o bloqueio na BR-163, em Jaraguari, a cerca de 10 quilômetros da capital de Mato Grosso do Sul, depois de 9 horas de protesto nesta terça-feira (25). Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os manifestantes deixaram o local, após o chefe de gabinete do senador Pedro Chaves (PSC) receber as lideranças de 18 aldeias da região de Campo Grande.

A PRF informou que os indígenas apresentaram pautas nacionais. A equipe da TV Morena apurou que entre os pedidos eles querem a nomeação do coordenador regional da Fundação Nacional do Índio (Funai), cujo nome já foi indicado, a reativação do posto de saúde de Nioaque e a aceleração da demarcação de terras indígenas.

Participaram da manifestação, desde às 4h30 (de MS), índios de Campo Grande, Sidrolândia, Nioaque e Dois Irmãos do Buriti. Os manifestantes estavam armados com arco e flecha, facão, paus e pedras.

Congestionamento causado pelo bloqueio de indígenas na BR-163, em Jaraguari (MS) (Foto: Osvaldo Nóbrega/ TV Morena)Congestionamento causado pelo bloqueio de indígenas na BR-163, em Jaraguari (MS) (Foto: Osvaldo Nóbrega/ TV Morena)

Congestionamento causado pelo bloqueio de indígenas na BR-163, em Jaraguari (MS) (Foto: Osvaldo Nóbrega/ TV Morena)

Fonte da notícia; G1




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *