FOCAMS reúne lideranças indígenas em encontro em prol de seus direitos

O evento, que começou na última quinta-feira (09), será realizado até o próximo sábado (11)

Caciques, Lideranças, comunidades e seguimentos gerais dos Povos Indígenas realizam a 8º edição do Encontro denominado FOCAMS, “Fórum dos Caciques de Mato Grosso do Sul”. O evento está sendo realizado desde o dia 09 de novembro e termina no sábado, dia 11. O FOCAMS é uma das grande organizações Indígenas de MS, criada pelos Caciques legítimo e sua diretoria é composta pelos mesmos. Fazem parte da composição do Fórum os seguimentos dos Professores, Advogados Indígenas, Jovens, Acadêmicos, Mulheres, da Classe de Artistas Indígenas, Rezadores e Anciãos.

O Grande Encontro de Lideranças Indígenas de Mato Grosso do Sul está sendo realizado na Aldeia Córrego Seco, localizada a 20km do município de Aquidauana. Sçao 3 dias de debate e uma grande confraternização entre os Povos Indígenas de MS. Participaram, todos os Povos originário do Estado sendo eles: Guarani-Ñandeva, Guarani-Kaiowá, Kinikinau, Kadiwéu, Ofaié, Atikum e Terena, vindo de varias parte do interior. (OBS: Programação roda pé). Varias Lideranças das Aldeias e do poder Publico federal, estadual e municipal marcaram presença no encontro, entre eles, Assembléia Legislativa de MS, Funai CR Campo Grande, Dsei/MS (Condisi/MS), AGU, MEC, Subsecretaria de Politica Públicas para População Indígena, Secretaria de Cultura e Cidadania entre outras Secretaria do Governo do Estados, SES, SED, SEDHAST, representante municipais, vereadores e Gestores Indígenas, e não indígenas entre outros Militantes Indigenistas que apoiam o movimento dos Povos Indígenas.

Encontro

Criado em 2013, o FOCAMS tem por objetivo debater sobre a realidade vivida pelos Povos Indígenas do Mato Grosso do Sul, além de estar solidário aos movimentos Indígenas Nacional. Lutar em prol do conhecimento e do respeito como Povos distintos e com suas Culturas diferenciada assim como princípios de sua identidade é o foco principal, que tem colocado estes Lideres a dialogar com toda a Sociedade Indígena e não-indígena pelo bem estar social de suas comunidades. O Fórum em sua 8ª Edição tem por objetivo aprofundar no debate com o intuito de criar estratégias para as lutas em prol do reconhecimentos e respeito de seus direitos.

Apontar elementos e indicar proposta para a construção de politicas publicas especificas para as Aldeias e Cidadãos Índio do Estado, este é o papel fundamental do FOCAMS, segundo falou em depoimento do Presidente Seo Juscelino Mamede.  de acordo com os organizadores, este encontro fará uma discussão ampla sobre as demandas dos Povos Indígenas gerais e tem por objetivo criar um canal com grande organização de nível nacional a exemplo de somar força com o movimento de Caciques do Brasil.
Abertura acontecera a partir da 19h de hoje (09/11), com trabalhos previsto na sexta-feira (10/11) o dia inteiro e finaliza no sábado dia 11 com uma grande apresentação cultural do Povo Atikum da TI (Terra Indígena) de Nioaque da Aldeia Cabeceira e uma confraternização já saudando o com o grande encontro de encerramento do ano de 2017.

Fonte da notícia: O Pantaneiro.com.br




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *