Eduardo Costa critica compositores de música sertaneja

Eduardo Costa critica compositores de música sertaneja

Neste sábado (26), o sertanejo interpretou sucessos e não escapou das perguntas curiosas da japa mais famosa do Brasil no Programa da Sabrina. 

Já nos bastidores, o cantor contou detalhes de como foi o processo de criação de seu mais novo álbum, Vivendo e Aprendendo

Eduardo explicou o que preferiu adicionar ao seu novo trabalho.
— São só de músicas inéditas e são todas minhas. É um disco que tenho gravado todo meu porque estamos em uma época que não se encontra muitos compositores que fazem músicas românticas. O pessoal perdeu um pouco a linha com essa coisa do universitário. Eu não canto muito essas músicas universitárias
— Minhas músicas são músicas mais românticas mesmo, mais levadas para esse lado do romantismo. Fiquei um pouco preocupado porque foi a primeira vez que gravo um disco totalmente meu. Em todos os discos eu gravo, sete ou oito músicas minhas, mas nesse disco especificamente eu decidi gravar tudo, com 15 faixas

— Acho que foi um disco que fui feliz. Para te falar a verdade, de todos os discos que gravei hoje, é o meu predileto. Não é porque foi o último não. É porque que gostei mais mesmo. Gostei da minha cantada, das músicas que eu escrevi

Fonte: Movimento Country

FONTE LINK:
Eduardo Costa critica compositores de música sertaneja




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *