CPA-3 / 11º BPM: Policiais Militares participam de instrução de tiro policial em Nioaque

 

16831885_1797250317203529_3243454791383432738_n Na última quinta-feira (16) e sexta-feira (17), respectivamente 26 (vinte e seis) e 48 (quarenta e oito) Policiais Militares do 11º Batalhão de Polícia Militar participaram de instrução teórica e prática sobre procedimentos e técnicas operacionais de segurança, uso, manejo e emprego de Pistola calibre .40 e das Carabinas Imbel IA2 e MD97 cal. 5,56 mm, a fim de otimizar o desempenho dos instruendos na utilização do armamento.

As atividades foram realizadas no Quartel do 9º Grupo de Artilharia de Campanha (9º GAC) de Nioaque e ministradas pelos instrutores do BOPE (18º Batalhão de Operações Especiais) Tenente James, Sargento Sandro e Cabo Vilalba.

As origens da Unidade (9º GAC) remontam ao início do século XX, mais precisamente a 25 de março de 1939 quando, devido à posição estratégica em que se localiza a cidade de Nioaque, foi criado o 1º Grupo do 5º Regimento de Artilharia de Divisão de Cavalaria, ocupando inicialmente as instalações do aquartelamento do antigo 4º Batalhão de Sapadores na cidade vizinha de Aquidauana.

Em 1946 essa tradicional organização militar de artilharia do Exército Brasileiro passou a denominar-se 9º Grupo de Artilharia a Cavalo 75 (9º GACav 75), modernizando seus equipamentos com os canhões Krupp 75mm.

No dia 1º de setembro de 1955, uma Bateria de Obuses deslocou-se para a cidade de Nioaque, dando início à ocupação do novo aquartelamento.

Em 19 de novembro de 1957, aproveitando as comemorações do Dia da Bandeira e, assim, revestindo o acontecimento de maior brilho, instalou-se o Grupo em Nioaque com todo o seu efetivo, concluindo definitivamente a sua mudança de Sede.

Em 1958 a unidade tornou-se motorizada, recebendo a denominação de 9º Grupo de Canhões 75 Auto-rebocado.

Em 1975, com a substituição dos Canhões Krupp 75 pelos atuais Obuseiros 105mm, a denominação foi alterada para 9º Grupo de Artilharia de Campanha – 9º GAC.

Em 1980 o 9º GAC passou a ser orgânico da 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada – Brigada Guaicurus, sediada em Dourados, criada em virtude da extinção da 4ª Divisão de Cavalaria.

No ano de 2003, uma comissão de oficiais do 9º GAC realizou um estudo visando propor um nome histórico e estandarte para a unidade. Então, em novembro de 2003 por ordem do então Comandante do Exército, General Gleuber Vieira, o 9º GAC passou a ter a denominação histórica “Grupo Major Cantuária” ao 9º GAC, em homenagem aos feitos heróicos do nobre militar que tão bravamente atuou à frente da Artilharia durante a epopéia da Retira da Laguna e que, merecidamente, passa a ser imortalizado perante a História do Brasil e na alma de cada integrante do Grupo.

O Comandante do 11º Batalhão de Polícia Militar, Tenente Coronel Admilson Cristaldo Barbosa, agradece, novamente, a parceria e o apoio do Comandante do 9º Grupo de Artilharia de Campanha (9º GAC) de Nioaque, Tenente Coronel Moacyr Azevedo Couto Júnior, por não medir esforços em atender às solicitações e carências do 11º BPM.

Assessoria de Comunicação Social do 11º BPM / CPA-3

16649035_1797250583870169_1791625839470657301_n 16649449_1797250420536852_5150273482126012707_n 16681680_1797250750536819_1944504902846365406_n 16681743_1797250463870181_7052266074841738208_n 16683951_1797250913870136_5587336422201925961_n 16684058_1797250907203470_8462346833509412427_n 16807564_1797250440536850_8223813187336693563_n 16830630_1797250407203520_5227608522143445739_n 16831188_1797250747203486_6147655926193613868_n 16831828_1797250643870163_1388644010051381950_n 16831885_1797250317203529_3243454791383432738_n 16831976_1797250503870177_1406604058171888171_n 16832374_1797250653870162_8171577188313599643_n 16832385_1797250650536829_8461425708815957035_n 16864084_1797250757203485_871852887024473630_n 16864093_1797250470536847_6389625280078392662_n 16864526_1797250417203519_6375804282099523552_n




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *