Comarca de Nioaque será a 28ª a implantar o Projeto Padrinho

Nioaque será a 28ª comarca contemplada com o Projeto Padrinho. Atendendo solicitação da juíza Larissa Luiz Ribeiro, a Coordenadoria da Infância e da Juventude de MS (CIJ) implantará na comarca essa proposta de apadrinhamento de crianças acolhidas.

Foram dois dias de trabalho para implantação do Projeto Padrinho e a abertura do evento foi realizada na última quinta-feira (19), às 19 horas, no plenário do Tribunal do Júri da comarca. Na cerimônia, as técnicas da CIJ Enilda Machado e Andréa Espíndola, que está responsável pelo Projeto Padrinho em Campo Grande,  proferiram a  palestra. Na sexta-feira (20), as técnicas fizeram  a capacitação das equipes e voluntários do projeto.

Importante ressaltar que no Município existe apenas uma Casa Lar, que abriga 11 crianças e adolescentes. De acordo com a juíza, a implantação do projeto na comarca visa uma atuação conjunta com a rede de atendimento, auxiliando não só as crianças que estão na Casa Lar, mas também os que vivenciam uma situação precária ou de risco.

“Inicialmente, as crianças e adolescentes da Casa Lar serão os beneficiados. Em seguida, vamos expandir o número de crianças, principalmente para os adolescentes que hoje estão vivenciando uma triste realidade em nossa cidade, tendo em vista o alto consumo de drogas” explica a juíza.

Larissa ressalta ainda que a intenção é instituir todas as formas de apadrinhamento, tendo como foco principal o padrinho afetivo. Ela lembra que existe o padrinho prestador de serviço que como médicos, dentistas, educadores, pedagogos infantis, entre outros, além do padrinho doador de material, a fim de colaborar com materiais de educação, roupas, brinquedos, pagamento de despesas médicas ou dentárias, móveis, colchões, utensílios domésticos, etc.

Destaque-se que a iniciativa pioneira surgiu em Campo Grande e se estendeu por diversas comarcas do interior, auxiliando crianças e adolescentes durante o período em que permanecem em instituições de acolhimento.

Além da juíza Larissa Luiz Ribeiro, fizeram-se presente na solenidade de abertura o prefeito Valdir Couto de Souza Jr, a promotora Mariana Sleiman, o Defensor Público Fábio Luiz Sant’Ana Oliveira, o presidente da Câmara Municipal Danilo Bortoloni Catti,  vereador Valdeci Ferreira dos Reis, ,  a secretária Municipal de Educação Cândida Thereza de Andréa Ferreira, o comandante do 4º Pelotão da PM Joicemir Ferreira Bica, a Secretária Municipal de Assistência Social Larissa Vicente Martelosso Couto, e a coordenadora do CRÁS, Edina Nelvo.

Saiba mais – O Projeto Padrinho foi criado em Campo Grande, em 26 de junho de 2000, com objetivo mostrar à sociedade a realidade das crianças em situação de risco, além de estimular o exercício da cidadania e convidando as pessoas a praticar gestos de afetividade, levando carinho, convivência familiar e comunitária às crianças e adolescentes.

Colaboração da notícia: Secretaria de Comunicação – imprensa@tjms.jus.br

Fotos: Elizete Maidana




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *