Cândida Thereza apresenta Projeto de Lei que denomina ruas de Nioaque com personalidades que marcaram a sociedade nioaquense

Em sessão ordinária do dia 13/08, pela vereadora Cândida Thereza (PSDB) foi apresentado Projeto de Lei nº 002/2020 que atribui denominação das ruas do residencial Constatina Gaúna Xavier, no município.

Pela vereadora foi justificado que a presente Proposição visa homenagear a memória de inúmeros cidadãos que se fizeram presentes entre os munícipes, constituíram também suas histórias, os quais deixaram seus  legados que em muito contribuíram para o desenvolvimento da cidade, bem como regulamentar esses logradouros públicos que até o momento não receberam denominações.

 RUA PROJETADA 01:   RUA NICOLA DE ANDRÉA

 

Foto arquivo de família

Nicola de Andréa foi vice-prefeito em Nioaque na década de 80, e comerciante, vez que administrava sua farmácia, contribuindo grandemente para o desenvolvimento do município. Sua partida precoce deixou uma lacuna de saudades nos familiares, encerrando a vida pública muito cedo. Sua partida se deu em um trágico acidente onde vitimou a família inteira e mais seu cunhado.

 

 

 

 

 

 

– RUA PROJETADA 02:   RUA BENEDITO NOGUEIRA 

Foto arquivo de família

 

 

Benedito Nogueira foi militar, comerciante por mais de 30 anos, participando avidamente na política nioaquense, deixando seu legado estampado pela cidade em muitas construções projetadas. Faleceu em maio de 2017.

 

 

 

 

 

 

 

– RUA PROJETADA 03:   RUA NIVALDO PEREIRA FREITAS (XAMPÚ)

Foto arquivo de família

Muito conhecido na cidade, “Xampú” assim como era carinhosamente chamado,  faleceu este ano, deixando registrado sua contribuição ao ser exímio funcionário público, amigo de todos, e amava ajudar os amigos nas festas, sendo reconhecido como um dos melhores assadores de carne. Na prefeitura trabalhou de motorista, sendo sempre aclamado pelo profissionalismo.

 

 

 

 

 

– RUA PROJETADA 04:   RUA JOSÉ LOURENÇO DA SILVA (ZUMBA)

Zumba faleceu muito jovem, chegou em Nioaque na década de 80, e aqui constituiu família. Era conhecido na cidade por sua alegria contagiante.  Embalado nas festas, alegrava a todos com sua simplicidade. Trabalhou autonomamente. Sua morte se deu por infarto.

 

 

 

 

– RUA PROJETADA 05:   RUA DON LEROY MORRISON 

Foto arquivo do Nioaqueonline

Don Leroy Morrison chegou em Nioaque na década de 60, constitui família, e tão logo foi de grande importância ao município. Pelos relevantes serviços prestados, recebeu do então vereador da época, Luiz Alberto Martins Gazote o Título de Cidadão Nioaquense.

Entre muitas contribuições Senhor Don foi fundador da ACCATRAN.

Imbuído no agronegócio construiu em sua fazenda uma escola, cedendo o espaço para o município ministrar aulas, poupando as dificuldade da época, dos alunos terem que vir até a cidade para receber ensinos educacionais;

Doou ao município a primeira torre de transmissão televisiva segundo Luiz Alberto;

Contribuinte assíduo da APAMIN;

Auxiliou o poder executivo com seus maquinários abrindo ruas;

Mudou-se para o estado de Tocantins no ano de 2014,  e faleceu no ano de 2016 de morte natural aos 94  anos de idade.

O projeto  apresentado pela vereador Cândida foi encaminhado às comissões para estudos e análises, e posterior apresentação ao plenário.

 

 

 

Edição e foto: Elizete Maidana