Altas do frango vivo têm sequência em São Paulo e Minas Gerais

Altas do frango vivo têm sequência em São Paulo e Minas Gerais

O reajuste de ontem foi o terceiro em apenas seis dias de negócios, resultado que dá perfeita ideia do vigor do mercado neste início de setembro

As altas obtidas pelo frango vivo na semana passada tiveram sequência nesta terça-feira, 8, ocasião em que, tanto em São Paulo como em Minas Gerais, o produto ofertado conquistou mais cinco centavos, sendo comercializado, entre os paulistas, por R$2,85/kg e, no mercado mineiro, por R$3,05/kg.

O reajuste de ontem foi o terceiro em apenas seis dias de negócios, resultado que dá perfeita ideia do vigor do mercado neste início de setembro. Vigor, aliás, que deve propiciar outros ajustes no decorrer desta semana.

De toda forma, os ajustes obtidos até aqui propiciam (base: interior paulista) remuneração média 5% superior à registrada em setembro do ano passado. E como esse índice de incremento deve se ampliar à medida que o mês avança, o produtor tende a encerrar o nono mês do ano com bons resultados financeiros, certo?

Nem tanto assim. Porque o ganho atual, se é que existe, apenas ocorre em relação a setembro de 2014. Ou seja: perde-se totalmente quando a comparação retrocede a setembro de 2013. Pois, até aqui, a remuneração obtida pelo produtor é a mesma de dois anos atrás, sem tirar nem por. Na dúvida, veja o segundo dos gráficos abaixo, no qual se compara o preço de setembro corrente com o de setembro de 2013.

Em outras palavras, o incremento de preços que vem ocorrendo neste mês deverá, apenas, repor as perdas enfrentadas em setembro do ano passado. E mesmo essa reposição pode ser apenas parcial. Porque, um ano atrás, o preço médio alcançado pelo frango vivo no mês ficou quase 10% abaixo do que foi registrado em setembro de 2013.

Fonte: Portal do Agronegócio

FONTE LINK:
Altas do frango vivo têm sequência em São Paulo e Minas Gerais




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *