150 anos da Retirada da Laguna e Bicentenário do Coronel Pedro José Rufino

DSC_1571Em extensão às atividades Alusivas aos 150 Anos da Retirada da Laguna, onde será criada a Medalha Coronel Pedro José Rufino, um dos heróis da Retirada, e ao bicentenário do herói, em Nioaque aconteceu solenidade, em referência ao herói de guerra, com participação dos familiares “Xavier”, autoridades políticas e militares.  Desde o ano passado a Sectei, em parceria com diversas entidades, vem articulando uma  série de reuniões preparatórias para essas atividades a serem realizadas durante os anos de 2016 e 2017. Durante os encontros, um cronograma de discussões por parte das entidades de cunhos artísticos, culturais, políticos, militares e civis, tanto da esfera federal, quanto das esferas estadual e dos municípios que compõem a região palco do importante episódio ocorrido na Guerra do Paraguai, foi criado para estabelecer a programação.    Vindo da Bahia, de Freguesia do Monte, Rufino chegou à região do Pantanal matogrossense por volta de 1850. Quando a guerra eclodiu, o militar rumou para Laguna, chegando ao local em 1867. A invasão paraguaia da região sul de Mato Grosso havia se iniciado anos antes. Junto a outros heróis de guerra, Rufino participou do episódio que definiu os rumos do conflito. Ele foi um dos primeiros a atravessar o Rio Miranda, durante a retirada, estimulando sua tropa a chegar aos limites da região.  Depois da guerra, Pedro José Rufino se casa com Anna Joaquina do Rosário, com quem teve nove filhos. Primeiro reside em Miranda e depois se muda para Nioaque, quando o  País passa do Império para a República. “Ele serviu à nação como militar por 40 anos.  O bicentenário de Pedro José Rufino se dá em 26 de abril, as comemorações acontecem no mês de Abril. Primeiramente, em Bela Vista, onde está sepultado o corpo de Rufino – no Cemitério dos heróis da Guerra da Tríplice Aliança –, o Comando Militar do Oeste promoveu festividades na terça-feira. Em Nioaque (20 de Abril).    Entre as programações, além do ato cívico na Praça dos Heróis, aconteceu também visita a lapide da família “Xavier”, e ato ecumênico na Igreja Cristã Presbiteriana.  Participaram do evento o Tenente Coronel Moacyr Azevedo couto Junior, comandante do 9º G.A.C – “Grupo Major Cantuária”, presidente do Poder legislativo de Nioaque, vereador Valdeci Ferreira dos Reis, vereadora Eudes Pache Corrêa, vereador Orivaldo de Andréa, vereador Antonio  Aparecido dos Santos, vereador Wellington Batista Echeverria, prefeito Gerson Garcia  Serpa, comandante da PM de Nioaque Tenente Joicemir Ferreira Bica, secretariados, alunos das escolas: municipal Guilherme Corrêa da Silva, escola Odete I.R.V. Bôas, e comunidade presentes.

Edição Elizete Maidana

Fotos: Elizete Maidana

DSC_1575 DSC_1579DSC_1574 DSC_1573 DSC_1572 DSC_1571 DSC_1570 DSC_1569 DSC_1568 DSC_1567 DSC_1566 DSC_1565 DSC_1564 DSC_1563 DSC_1562 DSC_1561 DSC_1560 DSC_1559 DSC_1558 DSC_1557 DSC_1556 DSC_1555 DSC_1554 DSC_1553 DSC_1552 DSC_1551 DSC_1550 DSC_1549 DSC_1548 DSC_1547 DSC_1546 DSC_1545 DSC_1544 DSC_1542 DSC_1541 DSC_1540 DSC_1539 DSC_1538 DSC_1537 DSC_1536 DSC_1535 DSC_1534 DSC_1533 DSC_1532 DSC_1531 DSC_1530 DSC_1529 DSC_1528 DSC_1527 DSC_1526 DSC_1525 DSC_1524 DSC_1523 DSC_1522 DSC_1521 DSC_1520 DSC_1519 DSC_1518 DSC_1517 DSC_1516 DSC_1515 DSC_1571




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *